“Dalla Tanzania al Brasile con l’intelligenza artificiale conquistiamo nuovi mercati”: il Presidente del Gruppo Alberto Tripi intervistato da La Repubblica Roma | Almawave
x icon pop up SAIBA MAIS

Pesquisar no site

Não encontrou o que estava procurando?

download

14 novembro 2022

Da Tanzânia ao Brasil com inteligência artificial, conquistamos novos mercados": O Presidente do Grupo, Alberto Tripi, entrevistado pela La Repubblica Roma

As potencialidades do setor de TIC, impulsionando a economia do Lácio, são descritas na La Repubblica Roma pelo Presidente do Grupo Almaviva, Alberto Tripi, que Eugenio Occorsio descreve assim: ‘O nobre pai de todo esse fermento, também vice-presidente da Unindustria com a delegação para tecnologia, não é um prodígio californiano, mas um senhor elegante e espirituoso, Alberto Tripi, que, em uma idade em que todos estão aposentados há muitos anos, começa a trabalhar às 6 da manhã e pontualmente inclui uma hora de remo em seu dia.

Ele destaca os pontos fortes do Grupo Almaviva, criado em 1983, na Itália – Smart Road, o sistema de gestão de tráfego marítimo para as Capitanias dos Portos, a longa colaboração com as Ferrovie dello Stato para a digitalização dos sistemas de transporte, as muitas iniciativas relacionadas ao PNRR – e no exterior, onde ‘Da Tanzânia ao Brasil com inteligência artificial, conquistamos novos mercados’.

‘Uma empresa do nosso grupo, a Almawave, listada em Milão no segmento Euronext e ativa em inteligência artificial, vendeu na Tanzânia um sistema de “reconhecimento de voz” que permite o registro de atos judiciais diretamente em inglês a partir de depoimentos em suaíli. Um banco brasileiro nos deu, como grupo, a gestão de todo o negócio de cartões de crédito. Conseguimos um contrato importante no setor de transporte ferroviário dos EUA. Nossa contribuição para a disseminação do mais prestigioso ‘made in Italy’