O que o gerenciamento de Big Data pode realmente fazer pelo marketing? | Almawave
x icon pop up SAIBA MAIS

Pesquisar no site

Não encontrou o que estava procurando?

O que o gerenciamento de Big Data pode realmente fazer pelo marketing?

Big Data, Big Data

3 dezembro 2019

O que o gerenciamento de Big Data pode realmente fazer pelo marketing?

A implementação de uma plataforma de Big Data Management é a chave para qualquer aplicação baseada na extração de conhecimento e insights (as evidências ocultas, as insights que nos permitem formular previsões e soluções). Por quê? Simples: a digitalização, como um fenômeno generalizado que transforma radicalmente a experiência pessoal e profissional, gerou a inevitável explosão de informações, diferentes em formato e origem (as fontes são as mais díspares: desde os produtos inteligentes da Internet de aplicativos móveis, até redes sociais e portais de comércio eletrônico). Caracterizado por volumes, variedade e velocidade, o Big Data representa um mar de informações, que esconde infinitas oportunidades de conhecimento e aplicação. A questão a ser resolvida é a capacidade de governar a massa indistinta de bits e arquivos, isolando os “dados corretos” ou as informações relevantes para cada processo analítico.

Gestão de Big Data aplicada ao marketing

Hoje, o marketing é um dos campos de aplicação privilegiados do Big Data Analytics, que tem o poder de satisfazer o sonho proibido de quem trabalha no setor: ou seja, devolve a capacidade de interceptar e antecipar as necessidades do consumidor, com o possibilidade de desenvolver estratégias de engajamento direcionado.

A capacidade de conhecer os desejos dos usuários em profundidade e construir uma jornada de cliente sob medida assume uma importância cada vez mais estratégica na era da multicanalidade. A relação entre marca e cliente, aliás, se consome por meio de espaços físicos ou suportes (pontos de venda, folhetos de papel, outdoors, etc.) e diversos pontos de toque digital (comunicações por e-mail, sites de internet, aplicativos móveis e outros).

Gerenciamento de Big Data e multicanal

O objetivo é coletar o máximo de feedback possível do mercado por meio dos diferentes canais de interação, para estruturar um sistema centralizado de Big Data Management (que permite cruzar informações de múltiplas fontes integrando-as com os registros de CRM da empresa), para perfilar e segmentar a base de clientes, construir estratégias de engajamento personalizadas, automatizar processos de marketing por meio de Inteligência Artificial (por exemplo, a proposta de produtos de interesse nas páginas visitadas na Internet).

O objetivo final é construir uma experiência do cliente homogênea e coerente em todos os canais, com a proposta de conteúdo personalizado e relevante, de acordo com as preferências do usuário, não redundante ou invasivo. Em suma, as mensagens corporativas devem chegar ao destinatário correto, no momento certo e no canal de preferência. As soluções de Big Data Management permitem ao marketing obter o conjunto de informações necessárias para desenvolver a jornada ideal do cliente para qualquer cliente ou cliente em potencial, com a capacidade de refinar estratégias ao longo do tempo graças à atualização contínua dos dados disponíveis e algoritmos analíticos.

Marketing e Big Data para comunicação perfeita

A pontualidade das mensagens corporativas é essencial para capturar micromomentos no espaço multicanal. Na era das compras mobile first e em qualquer lugar, o consumidor acessa a comunicação digital e os serviços de vendas de empresas em qualquer lugar e continuamente; a habilidade do marketing é captar a atenção nos momentos muito curtos em que o usuário demonstra vontade de comprar ou de seguir qualquer call to action (por exemplo, baixando um white paper ou abrindo um link). A gestão e análise de big data permitem interceptar oportunidades de micro-negócios e construir uma comunicação adequada para envolver o utilizador nos diversos canais.

Em suma, os projetos de Big Data Management aplicados ao marketing multicanal devem ser interpretados como uma oportunidade preciosa de incorporar conhecimento de mercado e retornar uma produção customizada ao cliente, consistente com a marca e contextualizada para os diferentes pontos de contato.